terça-feira, 17 de junho de 2014

Teoria e Prática - pequeno comentário



Teoria e Prática






“O valor da teoria se revela no momento em que ela é transformada em prática. No caso da educação, as teorias se justificam na medida em que seu efeito se faça sentir na condução do dia-a-dia na sala de aula. De outra maneira, a teoria não passará de tal, pois não poderá ser legitimada na prática educativa”. (D’AMBROSIO, 1986, P.43).

“Sendo a pesquisa o elo entre teoria e prática, parte-se para a prática, e, portanto se fará pesquisa, fundamentando-se em uma teoria que, naturalmente, inclui princípios metodológicos que contemplam uma prática. Mas um princípio básico das teorias são resultados das práticas. Portanto, a prática resultante da pesquisa modificará ou aprimorará a teoria de partida. E assim modificada ou aprimorada essa teoria criará necessidade e dará condições de mais pesquisa, com maiores detalhes e profundidade. O que influenciará a teoria e a prática. Nenhuma teoria é final, assim como nenhuma prática é definitiva, e não há teoria e prática desvinculadas. A aceitação desses pressupostos conduz à dinâmica que caracteriza a geração e a organização do conhecimento:...teoria-prática-teoria...
(D’AMBROSIO, 1996, P.81)

 Lendo esse fragmento postado pelo PCNP Lucio- Matemática da DE Osasco,  fez me lembrar uma citação de Rubem Alves:

“As informações são como peças de xadrez, quem só tem as peças não sabe coisa alguma. O que importa é a dança das peças nos espaços vazios”.

E a dança das peças depende de inúmeros fatores: crenças dos envolvidos, conhecimento sobre as implicações de cada ação,  as expectativas de cada ação e vai por aí, passando pelo prazer em participar do jogo.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para nossa própria avaliação.